7.3.07

no tempo certo...


Você nunca teve a impressão de ser escravizado pelo tempo?
Fico pensando se não somos uma sociedade viciada no relógio e em seus ponteiros velozes...
Nossas agendas estão lotadas...
Nossos anseios e desejos parecem só aumentar
nossas prioridades são...
são...
são prioridades?
A W Tozer escreveu que “temos de evitar o erro de achar que, por estarmos muito ocupados, estamos fazendo muitas coisas.”
Precisamos ter nossos “relógios” ajustados pelo Senhor.
Tentar lidar com o tempo, sem confiar em Deus só nos traz frustração...
Concorda?
beijos,
Alê

10 comentários:

Eliana Machado disse...

Bom Dia, Alê
Eu achei que vc era esta mesma, então minha intuição não errou.
O que eu posso dizer sobre o tempo é o seguinte: Há compromissos que assumimos que não tem como não ficar escravo do relógio, pois um Cristão tem que dar exemplo de respeito pelo próximo, mas deve sempre entregar em primeiro lugar a Deus, pois se não for pro nosso bem chegar na hora marcada, Ele fará algo acontecer que nos impedirá, mas a nossa consciência estará tranquila e nós devemos sempre usar de sinceridade na hora de desculpar-se com o próximo. A verdade, pro Cristão, é FUNDAMENTAL. Deus nunca age na mentira. Dizer que algo foi para o seu bem, vc estando na mentira, vc estará só se enganando.
Agora quando não se trata de compromissos assumidos com terceiros, devemos nos desligar ao máximo do relógio e deixar Deus conduzir as nossas vidas de acordo com os nossos sentimentos, desejos, enfim com o nosso querer.
"Deus é o Querer e o Realizar."
Um abençoado dia pra todos,
Felicidades,
Bjs.

Vilma disse...

O tempo falta-nos... ou parece! Vivemos numa armadilha. Numa época em que temos todos os meios e recursos para nos sobrar... falta-nos!
Precisamos de estabelecer prioridades... e nem sempre o fazemos de forma correcta... aiiii... tempo!!!!

Lou Mello disse...

Concordo, mas temo deixar por conta dele. O relógio dele vive atrasado ou seria o meu que anda adiantado? Sei lá. Às vezes fico pensando que, em algum momento e lugar, Deus vai chegar e me pedir desculpas pelos inconvenientes experimentados nessa vida. Aí eu ficarei muito mal.

Cris disse...

Há muito aprendi a não brigar com o tempo. Mas em contrapartida, não consigo deixar de brigar com as pessoas que me fazem “perder o tempo”: gente que chega atrasada, pessoas que trabalham sem vontade e se arrastando, gente que não respeita as leis e as regras de trânsito atrapalhando a todos...
Quanto às prioridades... Quando é que “alguém que eu conheço” vai ter tempo para fazer caminhadas para manter a saúde? Nem pense que estou me referindo a você! Estou falando de mim mesma...

Fernanda disse...

Bom dia Alê,
realmente o conceito tempo é complexo!O meu pai dizia que depois dos 18 anos o tempo voava; eu sinto isso desde que os meus filhos nasceram. Um dia, uma semana, um mês, um ano, sucedem-se num pestanejar de olhos!Ás vezes sinto-me escrava do tempo,sim, por isso impus-me metas, assim vou controlando o meu tempo.Um pouquinho, pelo menos...
Beijos!

Anita disse...

Oi Alê bommmmm diaaaaa. Hoje é o Dia da Mulher. O "nosso" dia. Por isso tiremos tempooooo para nós. Deus diz na Sua Palavra que há Tempo para Todo o Propósito. O tempo de Deus não é o nosso tempo.
Aproveitemos da melhor maneira o tempo que Deus nos dá. Hoje eu já agradeci por mais um dia de vida que Ele me concedeu. Por isso eu tenho que usar desse tempo que Ele me dá o melhor possível e não "jogando tempo fora".
Muitos beijinhos doces minha querida.
Que seu dia seja maravilhoso, com muitas bençãos de Deus.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Juliana disse...

Concordo com vc Alê...

precisamos deixar Deus administrar nosso tempo!!!

bjsss

gedmar disse...

pois é... resolvi arranjar um tempo entre uma fralda e outra pra comentar aki.
um grande beijo!!

Renato Alt disse...

Me parece que o relógio existe para nos poupar de pensar.

Precisamos acordar às 7h. Começar a trabalhar às 9h (quem o faz, claro; eu, no momento, ainda penso nisso), sair às 18h (quando dá), estudar das 19h às 23h, assistir ao Jornal da Globo enquanto engolimos uma refeição semi-pronta e reclamamos de braços cruzados da imperfeição e corruptibilidade dos homens.

Vem o sono, vem a cama. Quem ora ao deitar, muitas vezes só diz "amém" na manhã seguinte.

Recomeça.

Entre o tic e o tac, nossos sonhos são esmagados dia após dia.

Nelidia disse...

Eu concordo plenamente! Nao adianta a correria do dia-a-dia se não estivermos certos que tudo é pra honra e glória do Senhor!
Bjim e saudadinha de vc!