16.3.07

"ajustes" que "desajustam"


Uma vez peguei carona com um colega da faculdade para o estágio.
Então, o carro parou.
Parou de vez, não pegava mesmo. Meu colega nem teve dúvidas, abriu a mala e de lá tirou uma vasilha:
_Sempre acontece isso, meu pai fica danado comigo... esqueço de colocar gasolina.... :)
Fiquei ali perplexa, vendo-o sumir na avenida movimentada, buscando um posto de gasolina.
- Que loucura...
Ele já sabia que esquecia e andava com a vasilha na mala!
Não tentava mudar de atitude:
Ajustou-se ao erro.
Lembrar isso me faz pensar no quanto ajustamos nossos erros e manias.
Ajustes que não nos fazem crescer.
Ajustes que nos atrasam, nos chateiam e prejudicam a nós e a outros.
O ideal não é a vasilha, mas a atenção ao tanque...
Beijos,
alê

12 comentários:

Anita disse...

Bom dia Alê. Nossa eu sei o que é ficar "apeado" sem gasolina. Tinha um carro que o ponteiro da gasolina de vez em quando falhava e eu então andava até à última até que ele parava, depois também não ficava nada embaraçada, quando via um carro pedia para me levarem à bomba mais próxima e lá trazia um garrafão de gasolina para depois encher o carro de modo a levá-lo à bomba para o encher outra vez de gasolina. Mas isto nos mostra que devemos estar sempre prevenidos e alerta e não desleixar e deixar andar, porque há Alguém que está no controle. É verdade Ele está no controle mas nós temos que fazer a nossa parte.
Um óptimo fim de semana para vocês lindos.
Beijinhos suaves em algodão doce,
Fiquem bem. Fiquem com Deus.
Anita (amor fraternal)

"Até aqui nos ajudou o Senhor"
I Samuel 7:12

JOINCANTO disse...

É um grande ensinamento esse, por vezes acomodamo-nos ao erro. Que Deus nos dê graça para estarmos sempre de "tanque" cheio! :)

georgia aegerter disse...

Isso mesmo Alê, a vasilha nao tem importância, aliás ela só serve como desculpa para nao mudar. Infelizmente tem muita gente preferindo carregar uma vasilha de bêncaos ao invés de um tanque.


Bom fim de semana

Vilma disse...

Boa analogia Ale!
Excelente!

ana foguinho disse...

Adoro como vc tira as lições das suas história de vida! =)
Me faz ver o Senhor nos ensinando, nos aperfeiçoando no nosso dia-a-dia como nesse caso do carro, mas nós, tão cegos, passamos batido!


Obrigada pela mensagem. =)

Amoooo vc!

Nelidia disse...

Ài Alê, me perdoa mas tenho q lhe dizer q sou sua fã! Vc com esses exemplos maravilhos que expressam em boas palavras o que realmente precisamos entender!
Lindo, lindo!
Realmente nao podemos nos conformar em errar e sim buscarmos sempre a perfeição!
Bjim

Fernanda disse...

Olá Alê,
é muito mais cómodo deixar-se estar do que tentar combater algo que está errado; para isso é necessário força de vontade.
Beijos e bom fim de semana!

Bárbara disse...

Deus me livre da vasilha!!!^^
Passei rapidinho só pra dizer que comentei...
Te amo alê!!!
=**

Lou Mello disse...

Você me fez fazer um balanço de minha vida, até aqui, na questão do combustível no tanque. No meu caso descobri que sempre tive uma vasilha no porta-malas, a maioria dos meus carros tinha o marcador quebrado e todas as vezes que ficava no meio da rua dizia: preciso mandar arrumar esse marcador.
Post bom é assim, nos faz refletir. Gostei do "ajustar-se ao erro". Faz um sentido danado.

lucascastelobranco disse...

eu uma vez vi um cara que tinha batido com o carro e ficado paraplégico... e aí qndo ele foi sair do hospital ele pediu p/ a família nao comprar a cadeira de rodas...(!!!)... "para que gastar dinheiro com uma coisa que daqui a pouco será desnecessária?"

acho q tem muito a ver com o q disse..


nao se conformar com o erro...

mudar...

bjs!

Anônimo disse...

Sem dúvida Alê...
As pessoas não entendem (eu) que não é mais fácil ajustar-se ao erro, mas preveni-lo/evitá-lo!
God bless you.
T.

Anita disse...

Alê bom dia. Vim deixar um beijinho e desejar-vos uma semana abençoada. Hoje em Portugal festejamos o Dia do pai, por isso milhões de beijinhos para todos os pais, mas não nos esqueçamos do Pai dos Pais, o Deus dos Deuses, o Rei dos Reis, Glória seja dada a Ele para todo o sempre.
Fiquem bem. Fiquem com Deus.
Anita (amor fraternal)