27.7.07

perder o ponto...

Algumas vezes perdi o ponto onde deveria descer do ônibus quando vinha da faculdade e fui parar no ponto final.
O motorista gentilmente me dava carona até o ponto próximo ao meu no trajeto de volta do ônibus.
O cansaço me fazia dormir, era só ter lugar vago... era incontrolável!
Mas se o ônibus estivesse cheio e eu fosse obrigada a ficar de pé eu não corria o risco de dormir, afinal precisava ficar atenta e me segurar pra não cair (não é muito seguro dormir em pé num ônibus lotado e em movimento, já tentei, não tente, não vale mesmo a pena... :) )
Tenho a sensação de que algumas vezes “dormimos” e perdemos o ponto na vida.
Na hora de olhar bem,
de segurar firme,
damos uma bobeira e fechamos os olhos não sabendo mais aonde estamos!
E isso é um perigo pois
nem sempre temos carona de volta...
Beijos,
Alê

8 comentários:

Eliana Arndt Machado disse...

Bom Dia, Alê
Vou aproveitar o seu post pra dar um testemunho que talvez possa servir pra vocês como uma "carona":
Eu trabalhava fora e meu filho Marcel precisava ir de ônibus sózinho pro colégio. Ele tinha apensas 6 anos de idade. Levei-o duas vezes pra ensinar o caminho e o ponto pra saltar e depois entreguei-o nas Mãos de Deus.
No primeiro dia que ele foi sozinho, ele dormiu e foi parar no ponto final, que por sinal, era um lugar super perigoso (Vidigal). Ele pediu ajuda ao motorista que o levou de volta pro colégio. Foi assaltado no ônibus, neste mesmo dia, e por final chegou em casa.
Quando ele contou-me todo o ocorrido, graças a Deus que o meu pensamento não foi de desistir e sim de pensar Deus Sabe o Que Faz, deve estar querendo que ele desperte pra vida. Este meu filho sempre foi uma "vítima" de assaltos, perseguições de garotos "maus" e eu sempre orava pra Deus cuidar dele ao invés de protegê-lo, mudando desta forma a minha fé em Deus.
"Infelizmente" o ser humano precisa ter fé pra não mexer nas "obras de Deus". Uma vez que você entrega algo nas Mãos de Deus tem que aceitar o que vier, seja lá o que for e acreditar que DEUS SABE O QUE FAZ e seguir sempre com este pensamento.
A minha parte como mãe sempre foi de amar, orientar, cuidar dentro das minhas possibilidades, buscar melhorar-me como ser humano, conversar muito e dar o exemplo de fé. Graças a Deus, hoje, estou aqui, Louvando a Deus por tudo.
Desejo ter conseguido dar uma carona.
Um abençoado dia pra todos,
Fiquem com Deus,
Felicidades,

Lou Mello disse...

Nossa, fiquei com medo de ler o fim da história da Eliana, ainda bem que o final parece ter sido feliz. Ufa!

Sou campeão nisso também, o maior perdedor de pontos de ônibus da cidade. Além disso, pratico pegar ônibus errado, é muito legal. Em São Paulo prefiro perder as estações no metrô e, nesse caso, não tem motorista legal para me levar de volta. Enfim, a lista é grande e termina com não me lembrar onde morava a namorada, em certa ocasião.

Anônimo disse...

"Perder o bonde andando..." não é aconselhável, ficamos "deixados para trás"...
GOD BLESS YOU
T.

Anita disse...

Alê querida venho agradecer as vossas orações, amor, carinho e preocupação para comigo e em especial pela minha filha Marta. Glória a Deus as notas sairam ontem e desta vez ela subiu bastante, agora é só esperar pelas colocações e ver a cidade onde ela vai estudar. Obrigado amiga / irmã.
Muitos beijinhos e votos de um abençoado fim de semana.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Maria Luiza disse...

nossa..
q historia essa da eliana ;~
tem razao alê..
nem sempre podemos voltar e consertar alguma coisa..
putz
eh pra se pensar msm esse post
;/


te amo

georgia aegerter disse...

Oi Alê, acabamos de chegar de uma pequena viagem de fim de semana.

E dei uma passadinha rápida por aqui prá nao perder o ônibus. Passei muito por isso tb qdo voltava da faculdade.
Mas o pior mesmo é perder o ponto de vista de Jesus e que testemunho lindo o da Eliana.

Grande beijo em vocês

Eliana Arndt Machado disse...

Boa Tarde, Alê
Gostaria de corrigir o meu testemunho, pois confirmando com o meu filho ele contou-me que ele já estava com 10 anos e foi no segundo dia que ele estava indo sozinho.
Perdoe-me, mas fiz confusão.
Obrigada pela oportunidade,
Fique com Deus,
Felicidades,

Anônimo disse...

oi Alê cheguei de viagem!!!
la tava muito frio!!!!
mas foi muito legal!!!
até quinta!!
bjs
Ass:Priscila