8.5.07

o que há de errado? Eu!

“Quando o jornal London Times solicitou a diversos escritores que mandassem ensaios sobre o assunto “O que há de errado com o mundo?”, Chesterton respondeu mandando a carta mais curta e direta de todas:
Prezados Senhores
Eu.
Atenciosamente
G. K. Chesterton”
(Alma Sobrevivente; Philip Yancey, Mundo Cristão, pp. 61)
beijos,
Alê


10 comentários:

JOINCANTO disse...

Para chegar à grande verdade que o Chesterton chegou é preciso caminhar bastante na estrada do Mestre Jesus. A culpa também é minha.

(Gosto muito desse livro do Yancey, é um dos meus preferidos)

Abraços.

Jacinta Correia disse...

Se cada um reconhecer o seu papel no mundo e a forma de contribuir para o melhorar... tudo se resolverá. MAs isso é claramente os mais dificil, porque é sempre mais fácil achar k só os outros estão errados. Abraço.

georgia aegerter disse...

tb concordo, mas será?

beijao

Nelidia disse...

Q bom q ele assumiu a culpa... eu tb acho q a culpa é dele! KKKKKKKK!
Bjim!

Lou Mello disse...

Eu sabia que, algum dia, alguém mais me faria companhia. Ufa!

Ananda disse...

Dificil, + concordo

...

julia disse...

que resposta incrivel, curta, grossa e sincera!

eu tenho que admitir a culpa tambem...
por que fazemos tanto para atrapalhar e tao menos do que podíamos para ajudar?

;*

julia disse...

que resposta incrivel, curta, grossa e sincera!

eu tenho que admitir a culpa tambem...
por que fazemos tanto para atrapalhar e tao menos do que podíamos para ajudar?

;*

Juliana disse...

resposta sábia e magnífica!!

bjss

Diego disse...

gostei da resposta...
eu diria o msm...
só a Graça msm com as pessoas nu mundo de hj...
cada vez mais egoistas e sem se importar com as outras...
nem ao menos sabem e se interessam em perguntar como vai a vida do proximo!
em todo lugar tem isso!
dos melhores aos piores...
enfim...
humanos!

PAZ DE DEUS!