7.5.07

deixar passar...


Fazem alguns anos. Estava num shopping, subindo as escadas rolantes.
Eu, Alb, Calebe, um casal de amigos e seu filhinho. Minha amiga me chamou e eu olhei para trás conversando com ela, daí cheguei ao final da escada e não consegui pensar rápido que era para tirar o pé do chão pois a escada acabava ali.
Então...
Voces imaginam não é?
Isso...
cai no chão.
Caí feio. (ok, certas coisas acontecem só comigo... :) :) )
Shopping lotado e eu sendo acudida com gelo no joelho e pernas pro alto.
Tarde de sábado inesquecível! (um mico daqueles...)
Tudo porque estava distraída.
A dor ainda durou uns dias e eu ainda tentava entender minha lerdeza...
Perdi a hora de fazer alguma coisa.
Deixei passar.
Era um momento único e eu tentei ignorá-lo, como se aquela escada nunca mais fosse acabar.
Mas chegou ao fim e eu não me dei conta.
É um perigo perder a oportunidade, ignorar o que se tem de fazer.
O tombo pode ser feio...
Beijos,
Alê

15 comentários:

Anita disse...

Alê só você mesmo... Desculpa-me mas não deixei de dar um sorriso imaginando a cena. Imagino o trambolhão que não foi e a dor que deve ter sido. Eu estou a falar mas eu acontece-me cada uma. Os meus filhos e o meu marido só se riem com o que me acontece e sabe porquê, por causa da distracção mesmo. Porque desviámos os olhos do alvo.
Uma óptima semana para vocês lindos.
Fiquem bem. Fiquem com Deus.
Anita (amor fraternal)

Renato Alt disse...

Assim como a flecha disparada e a palavra proferida, a oportunidade perdida jamais pode ser recuperada.

Lembrou-me um texto que escrevi há muito tempo.

Que todos nós estejamos sempre atentos.

Raquel disse...

Ui! essa doeu! É certo que aprendemos com os tombos, mas é preferível aprender sem os dar! Estejamos atentos!
Beijocas lusas

Lou Mello disse...

As distrações e os tombos da vida são inevitáveis. Caímos quando estamos desatentos e também quando estamos focados. O tombo ocasionado pela distração doe menos, pode crer. É muito pior cair sem ter uma desculpa para agarrar-se. Meu princípio para não cair pela desatenção é andar devagar. Mesmo assim, os tombos acontecem. Aparece alguém, sabe-se lá de onde, e me leva de roldão, até o chão. Seu post me fez pensar, como sempre.

georgia aegerter disse...

Oi Alê, vc sabe que uns anos atrás qdo existia a Mesbla no RJ um menino de 5 anos com uma mae super apressada que empurrava o menino para a escada rolante quebrou o tornozelo dele no degraus da escada, pois aquele aco é cortante e ai toda a pressa que ela tinha se transformou em desespero. Eu nunca vi tal coisa, mas posso imaginar o seu tombo.

Boa semana e um grande abraco

Minhas aventuras na Alemanha disse...

pode deixar q sempre q puder estarei contando tudo o q acontecer aqui e tudo o q eu descobrir de novo por aqui....
beijao...

Marlene Maravilha disse...

É a décima vez que tento deixar um comentário aqui hoje!!! tomara que agora vá.
Ainda bem que estás bem depois do tombo! Um post interessante e certeiro. Com certeza se deixarmos passar as oportunidades, vamos lamentar no futuro!
beijos a todos

julia disse...

oiaoiaoaioi
só voce tem essas historias.

é muito fácil perder oportunidades. a gente sempre acha que elas vao aparecer a todo momento, ou que podemos adiar...

ah, a falata de atençao é um problema sério... oiaioai

;*

Laíssa disse...

e foi só deixar de prestar atenção ou se distrair em menos de um segundo!
é por isso que quero aproveitar as oportunidades e não deixar de fazer o que eu tenho que fazer!((:
:** beijo

Fernanda disse...

Bom dia Alê!
Se pelo menos de todas as vezes que perdemos uma oportunidade dessemos um tombo desses, talvez ainda fossemos a tempo de corrigir.Porém, muitas vezes acontece que nem reparamos, a oportunidade vai-se discretamente.
Boa semana!
Bjs
(Agora há pouco enviei-te 1 mail, que veio devolvido no mesmo minuto! Arghhh!)

Anita disse...

Alê bom dia. Passei para deixar beijinhos e desejar um dia abençoado.
Fiquem bem.Fiquem com Deus.
Anita (amor fraternal)

Nelidia disse...

Nossa que cena, Alê!
Fiquei imaginando tudo...
Tentei me controlar vendo o lado trágico...
Mas aí...
Não pude evitar... dei umas risadinhas! Quer dizer, ri bastante!
É verdade, tem coisas, como essa aí q vc descreveu, que o tempo é AGORA e nao dá pra deixar passar, tem q ser resolvido... agora o que dá pra deixar pra depois... eu até gosto um pouquinho dessa palavra: prazo!

Ananda disse...

q coisa hein!
hauahauahau
pagar mico é bom, é ter histórias p contar e aprender
mt bom o exemplo
totalmente real em nossas vidas
precisamos acordar

beijos!

Juliana disse...

que mico!!

devemos tomar mais cuidado e não deixar as oportunidades passar


bjss

**C@tuli-> disse...

Ai, quantos tombos já caí e foram tão feios! Os menos piores foram aqueles que deixaram cicatrizes na pele. Pior foram aqueles que deixaram marcas na alma...
Beijos