6.11.06

discutir ou não discutir?!

“Mas evite as discussões tolas...” (Tito 3:9a)

Tiro este iniciozinho de verso para refletir.

Qual é a nossa opinião sobre certas situações? O que pensamos das pessoas ou como queremos que elas sejam? Como encaramos as diferenças de pensamento?

Muitas situações na vida nos preocupam tão pouco que aceitamos um cara e coroa para definir o que fazer, enquanto outras... outras são nossa missão especial, são como nosso bichinho peludo e fofinho de estimação, que tem tratamento vip, marcado em horário nobre na nossa agenda!

Ou seja, questões que nos tiram do sério,

nos fazem levantar a voz e os braços,

nos deixam corados e impacientes...

E eu pergunto: para quê?

Algumas questões desgastam tanto, tiram o brilho e a cor de irmãos que tanto partilhavam.

Quando perdi minha mãe fiquei por muitos dias refletindo na curta duração das coisas boas. Fiquei extremamente consciente da nossa limitação humana. Entendi como nunca, o quanto precisamos depender de Deus e pedir a Ele sabedoria para cada dia vivido aqui. Agradeci muito ao Senhor por ter partilhado e aprendido da minha mãe, e termos perdido pouco tempo com discussões tolas. Prometi a mim mesma, (e confesso ter de renovar comigo sempre este trato, senão esqueço) tentar perder menos tempo com tolices e gastar mais tempo com o que realmente importa: as pessoas.

Discussões tolas surgem sem escolher horário ou faixa etária.

Discussões tolas impedem o crescimento espiritual, travam o amor e magoam muito...

Os minutos que ganhamos do Pai Celeste a cada dia que amanhece, devem ser usados de forma bem mais intensa e profunda que numa discussão.

Concorda comigo?

Beijos, Alê

11 comentários:

Castelo Branco disse...

Isso tem bastante a ver com o que vc falou na ebd e com o que vc escreveu aqui em baixo...

é a minha história da gravata que eu falei na reunião um tempo atrás...

não é preciso esfregar na cara dos outros que eles erraram... se vc jah percebeu que eles perceberam é muito chato isso...


mas a vida é assim... se segurar faz parte...

beijos

Tinoca Laroca disse...

AMEN
AMEN
AMEN
...
AMEN
T.

Anônimo disse...

Tenho certeza de que isso acontece e perdemos tempo mesmo. Na verdade muitas vezes discutimos nem tanto porque descordamos, mas pela nossa maneira de falar. Um tom agressivo não causa reflexão no outro,não abre caminho para um acordo, mas só causa agressividade e tristeza. Então acho qué é importante também saber como falar, acho que a mansidão afasta estas discussões tolas. Mas é isso mesmo, temos que ganhar tempo com o que mais importa: pessoas!
Henrique

Ana Foguinho disse...

Adoreeei essa charge! Às vezes parece que é isso mesmo que tá acontecendo! AHuiahiah


Eu concordo com vc!
Discussões tolas são como aquelas bolas de neve de desenho animado... começa com uma bobagenzinha e quando vc vê já tá fora de controle passando por cima de tudo! Se ao menos a gente prestasse mais atenção no outro ou tivessemos a capacidade de abstrair as pequenas coisas que nos incomodam.. talvez muitas discussões tolas fossem evitadas né?!


Te aaaamo muuuito!!
=********

Bebel =) disse...

Concordo plenamente Alê...

Discussões bobas não só se tornam tempo perdido como acabam afastando umas pessoas das outras. Por banalidades que desgastam a troco de nada.
A gente pode perceber que Jesus mesmo não perdia tempo com essas coisas... qdo vieram perguntar a Ele a cerca de impostos, Ele foi extremamente objetivo, não prolongando a discussão...
E esse é o mesmo Jesus que dava palavras tão longas que ficava tarde pro povo ir pra casa e ele acabava arrumando comida pra todo mundo.
A gente precisa é pedir discernimento pra ELE, pra poder aproveitar bem o tempo com assuntos que valham a pena, que acrescentem algo bom...

... nossa, me empolguei =p

Te amo Alê ;)

Bjão
=****************...

Aurenil disse...

Assim como Tito, Timóteo faz referência as discussões "sem fim".
imiscuir-se em discussões infundadas e que distanciam as pessoas não deve fazer parte dos relacionamentos cristãos.
No entanto devemos suportar uns aos outros em amor e aí sim argumentar e contra argumentar.
Somos seres equipados com a retórica e devemos usá-la para aproximar as pessoas e não distanciá-las em ressentimentos.
Um forte abraço
Aurenil e Danielle.

Anônimo disse...

Oie minha prima querida!
Gostei muito de suas colocações e concordo plenamente! Tenho pedido muito ao Senhor para que me dê sempre domínio próprio, pois é nessas horas que devemos usá-lo afim de não entrarmos em discussões tolas.
Amém por vc minha amada!
Bjim!
Nelídia Lima Viana.

Cris disse...

Todos nos temos uma arma muito mais poderosa do que essas da charge: a nossa língua!
Tem horas que tenho vontade de cortar a minha fora!

PS: o pessoal esta escrevendo umas coisas muito legais por aqui. Especialmente a Bebel, foi um prazer ler o texto dela.

gedmar disse...

caramba, como é difícil evitar as vezes àquelas discussões. Parece que as palavras fluem naturalmente e no final sempre ambos os lados saem magoados. Que Deus esteja nos auxiliando nesse sentido.
PS: Gostei mesmo do desenho. Qual é a fonte???
Beijão pra minha amiga com quem já discuti bastante.

Castelo Branco disse...

Claro que concordo!Eu mesma tenho me esforçado para não discutir com a facilidade que me é peculiar.Acho que tenho melhorado e amado muito mais as pessoas(oração,oração muita oração)Vocês não servem de parâmetro pq foi amor à primeira vista. com todo meu amor Anabanana

Bárbara disse...

Uaaaaaaau
Você escreveu isso pra mim? Foi né!
Cara... voc6e sempre me manda parar de querer encrenca quando os outros me desapontam... agora eu entendo porque.
Eu tenho mesmo que tentar levar essa vida mais calma... parar de gastar os minutos do meu dia...

Te amo muiiiito =****