8.12.06

escolher...


Vivemos num mundo barulhento.
Agora mesmo estou diante do computador e os ônibus, carros e pessoas lá fora já fazem parte das primeiras horas do dia.
É preciso saber ouvir...
Quando eu era criança mamãe costumava me dar uma tarefa: catar arroz.
Então eu ficava alguns minutinhos na mesa da cozinha separando o arroz bom dos pedacinhos imprestáveis. Eu achava aquela tarefa divertida e mamãe (talvez pra me animar :) ) sempre afirmava que eu catava arroz muito bem! (já ouviu alguém ser elogiado por isso???)
Quando catava o arroz eu fazia escolhas.
Separava o bom do ruim.
Devemos fazer igual com os sons e vozes que nos cercam.
Escolher!
Concorda?
Beijos,
Alê

7 comentários:

Anônimo disse...

sabe Al~e... eu tinha a mesma tarefa!! só que escolhia o feijão tb!! e confesso que não achava chato!! tinha prazer em jogar fora o que não prestava!Aliás, ainda gosto de fazer isso!!não carrego peso desnecessário... jogo fora o que não presta e muito bem jogado!
Bjos !!

Cris disse...

Concordo! Mas reconheço que não sou uma boa catadora de arroz. E pago o preço por isso. Acabo achando que mentiras são verdades, que coisas que "não prestam" podem valer a pena, me deixando levar por comentários que são fruto da inveja e do ciume.
É impressionante como na minha idade ainda não aprendi a catar arroz. E continuo estragando um belo prato por conta dos grãos estragados que deixo passar.

liz corrêa disse...

nunca vi disso nao!!
é pq ela qeria te fazer sentir útil!!
e quem sabe se livrar de catar arroz??
ahUHAUhahUAHhauhUAHUhauHUAHuhau

to brincando aleee!!!

concordo plenamente!!!!
é preciso estar em sintonia com Deus pra reconhecer a voz dEle!!!!e obedecer sem pensar duas vezes!!!!!
isso eh maravilhosoooo!!!!


ALEEEEEEEEEEEEEE!!
DEUS É MTO BOMM!!!!
E COMO ELE ME SURPREENDEE!!!=]


te amo minha lider!!!
obrigado pelas oraçoess!!!


..
*

Roni disse...

É verdade estamos na mesa da vida catando arroz...
Embora uns já tenham se levantado e desistido...este desafio é necessario, ou melhor indispensável... precisamos de mais catadores e tambem de pessoas que nos ensinem a catar melhor, não apenas com palavras de ordem mas que tenham as mãos calejadas por separar e a visão treinada por tanto distinguir...que após o árduo trabalho senta à mesa e saboreia o arroz mais excelente!!

Anônimo disse...

É sim. Mas pra alguns nao é tão claro o que é arroz e o que não presta.
E pior! O que uns jogam fora julgando não prestar, outros separam e colocam na panela pra comer.

Lou Mello disse...

Um dos livros mais famosos, dizem que o próximo depois da biblia, no meio cristão é o Peregrino de John Bunyan. Só depois da terceira lida é que comecei a achá-lo interessante, mas há uma frase nele sobre isso: "Descobri que não sabia discernir a voz de Deus". Achar cacos no meio do arroz era moleza para todos nós, em tempos de olhos aguçados, o problema é identificar o arroz verdadeiro, onde tudo parece arroz verdadeiro. Muito boa, sua ilustração.

Anônimo disse...

Somos responsáveis pelas nossas escolhas, devemos escolher o que edifica e jogar fora o que têm nos prejudicado.Deus nos capacita fazermos escolhas ou seja não sermos dominados pela força do mau.
Solange Cabral