4.1.07

agir diferente...


Entrei numa obra num shopping em construção.
Menos de meia hora e já eram seis mensagens na minha caixa postal, pois mesmo colocando numa opção de som de danceteria não consegui ouvir uma só vez meu celular!
Barulho de maquitas com pedreiros, serras com marceneiros, máquinas de solda e furadeiras enfim, uma loucura total! (muito bom... :) )
Em meio a este tumulto agradável, uma cena me fez rir.
Um pintor trabalhava, tendo ao seu lado, preso numa das peças do andaime, um radinho de pilha tão pequeno, menor que minha mão. O radinho estava ligado, podia-se ver pela luzinha, mas som que era bom, nada!
Passei ao seu lado umas dez vezes e não consegui ouvir nenhum som, só se notava estar ligado pela luzinha brilhante.
Não me contive e perguntei (ou melhor, gritei):
- O rádio está ligado?
- Tá.
- Você consegue ouvir alguma coisa?

- Não, não dá p’rá ouvir nada.
- Então porque está ligado?
- Aaahhh... eu não consigo trabalhar sem ele ligado... Preciso ouvir não... é só tá ligado.
Achei o máximo. Sorri.
Ele simplesmente não conseguia trabalhar sem o rádio estar ligado. Nada era muito favorável àquele gastar de pilhas, mas ele não se abalou.
Sua atitude mostrava firmeza no que ele queria.
Agir diferente não o abalava.
Agimos assim também?
Beijos,
Alê

6 comentários:

Lou Mello disse...

Eu adoro dormir com a tv ligada. Levo cada bronca.

Bárbara disse...

Huahauhauahauhua
Muito bom... o que o cara não gasta de pilha, hein?!
Mas será que não virou uma obsessão, trabalhar de rádio ligado, mesmo sem conseguir ouvir?
Temos que nos fazer diferentes pelo motivo certo...
=*

Anônimo disse...

Nelídia de Brasília diz:

OLÁ PRIMA!
OLÁ GALERA ABENÇOADA DE DEUS!!!
Sabe prima, precisamos a cada dia AGIR DIFERENTE! Vivemos em uma época em que o mundo dita as regras: com a moda, com as gírias, com as baladas... é como se todos tivessem a mesma "forma", ou como se buscassem uma unidade. Unidade na beleza, nas atitudes, nos pensamentos, nas crendices vazias -como supertições enganosas...
E quando li seu texto, me reportei imediatamente a Romanos 12:2 - "E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos..."
Deus é claro! Não nos quer iguais e buscando uma unidade com o mundo! Ele nos quer diferente! Temos que agir diferente e nao nos conformar com o pecado! E devemos fazer isso sem nos importar com o que os outros vão achar ou dizer!
Ou seja, nos moldar a Cristo, tomar a Sua forma, é o que Deus reservou e espera de cada um de nós!
Amuuuuuu vc!
Bjim!
Nelídia, Paulo e Giovanna!

Ana Foguinho disse...

Uau! se o rádio era menor que a sua mão era pequeno mesmo hein! IHUiuhihuuih ;] brincadeirinha!

Gostei da história.. logo comparei o rádio com a voz de Deus. Ele tá sempre presente. Mesmo na correria da nossa vida, na barulheira do dia-a-dia, se pararmos pra prestar atenção vamos ver uma "luzinha brilhante" nos indicando que no meio da bagunça tem uma constante que é a presença do Senhor. Seria legal se as pessoas fizessem que nem o pintor e dependessem dessa "luzinha" para viver! Mas é uma pena.. que muita gente prefere se perder na barulheira da vida. =S
Não sei se era esse o sentido que vc queria dar pra história.. UIHiuHI Mas foi isso que eu pensei. =)


Amooo muito vc!
Bjnhoss
=****

Karime x) disse...

Sempre...
ligados nah paradaS certas e erradas q faZemoSsS...
vlw
saudadeSs...
RSRSRSRSR
bjSsS
t+

Anônimo disse...

devemos mostrar firmeza no que queremos, sem se importar com que as pessoas irão achar ou falar e mostrar que somos diferentes sem nos abalar.

bjsss!!!

Juliana