28.9.06

lembranças boas...

- o picolé era comum até eu descobrir a cobertura de chocolate. 50 centavos a mais e minha alegria não tinha fim...
- beijar e abraçar mamãe... sempre "lisinha e cheirosa"...
- meu irmão chorando no meu casamento...
- o primeiro beijo que dei no Alb - que nervoso....que gostoso...
- a primeira vez que fui ao Fundão. O pé direito altíssimo e a total incapacidade de não olhar para o teto de 2 em 2 minutos...
- o dia do meu batismo. Calendário perfeito: era também meu aniversário!
- visitar tio José - ou melhor, visitar os livros do tio José...
- papai trazendo quindim quando eu estava triste...
- sentar na janela da sala, que dava para a varanda -  o lugar perfeito para ver a rua, a tv e o melhor: tudo isso, lendo...
- o correio trazendo livros para mamãe e eu indo ler no escritório do papai...
- os primeiros sorrisos do Calebe... capazes de fazer o tempo parar e nada mais ser urgente...
- algum dos meus adolescentes deixando claro sua decisão por Cristo e eu, (previsível não é?) chorando...
- a concretagem de uma laje que atrasou, atrasou e de repente eu comia um galeto de padaria - p'rá lá de meia-noite... concreto, ferragem, obra ... tão bom...
- um livro novo do Stott e o relógio: uma tremenda batalha - o relógio não parava e o livro não me deixava...bom demais...
- o sofá do apartamento em Lisboa. Não há sofá igual em todo o mundo... (ok, é só minha esta  opinião... :) )
A lista pode ser interminável...
Quando lembramos coisas boas, sentimos os  cheiros, os gostos e a sensação daqueles momentos incríveis, únicos, tão nossos!
Momentos marcantes que nos ajudaram a  ser o que somos hoje.
Que tal? Pára um  pouquinho agora... faz também a sua lista...
o dia vai ficar mais brilhante!
beijos,
alê

11 comentários:

Bárbara disse...

Eu costumo sempre fazer um diário mental das coisas que me acontecem...
É divertido ficar lembrando de bons momentos, melhor ainda quando se está com amigos. Pena que não é sempre que dá pra fazer isso, mas eu vo tentando, afinal de contas, tem sempre que ver o lado bom das coisas. Só pra te dizer que a um ano e 5 meses, cada vez que eu faço uma nova listinha, pelo menos metade dela tem você presente.
Te amo Alê, ter você como lider alegra os meus dias. Obrigada por tudo.
Beijosss =*

Aurenil disse...

Fala galera adolescente orla, vocês estão bem no dvd, ainda mais quando vemos o comprometimento de suas vidas.
Não tem pra onde correr, daqui a algum tempo vocês seram o reflexo do que investirem hoje.

Abração Aurenil e Danielle.

Douglas disse...

eu também tenho muitas lembranças
de meu tio,minha avó q hj nao estao mais aqui comigo
e sempre bom relembrar momentos felizes de nossas vidas
:)

Anônimo disse...

Ai Alê, só você mesmo. Caraca como eu sinto falta daquele tempo, é verdade mesmo, quando paramos para lembrar os bons momentos, sentimos até o cheiro. Estava aqui recordando das nossas reuniões de dicipulado na sua casa, e me veio aquele cheiro bom de pipoca, bom de mais, ai !
Tenho muitas saudades de tudo, principalmente da maneira em que colocava a palavra de Deus para nós, (niguém faz como vc).
Que Deus continue te abençaodo, e que a unção seja dobrada a cada dia.
Sua família é linda !
Te amo muito, você, Alberto e Calebe fazem parte da minha história.
Obrigada por tudo.
Bjks da Loira.
Aline Abboud

mateus nolasco disse...

blog ta manero! 1ºcomentário!show a mensagem!

Anônimo disse...

Realmente algumas lembranças não tem preço. Ter Alê como prof. da EBD, inventar idéia de monitores da EBD só pra não irmos pra classe de jovens...rsrsrsrs O discipulado as segundas isso sim tá marcado. Não tem preço mesmo. Boas lembranças e muitas saudades !!!!!
Bjos Ingrid Suzan

liz Correa disse...

realmente,quando eu faço isso meu dia ganha mais vida!!!sabe que até me chamam de autista as vezes por eu parar e lembrar de tudo,de estar com minha irma,das besteiras q ela fala,de estar com meus primos,com meus amigos,com vc conversando e rindo mto como sempre, escutando suas historias e contando as minhas!as vezes me pego rindo sozinha!
=].....realmente,nada disso pode se comprar,e nao existe nada mais extraordinário que lembrar todos os dias de como Deus é bom i tudo o que Ele faz por nós...NAO TEM PREÇO..e para todas as outras coisas existe master card...ahUAHUhauHUAHuhau


TE AMO MINHA LIDER


..
*

Castelo Branco disse...

eu estava comentando isso com rebeca no sabado...
o pessoal tinha ido embora da casa da cícera e eu e ela ficamos sozinhos na portaria conversando...
e nós percebemos o qnto é bom crescer juntos...
eu lembro do 1º dia em que entrei na igreja, nem a alê nem alberto eram membros e eu conheci a liz, a paula e a rebeca...
de lá p/ cá, eu acho que faltei no máximo uns 15 domingos...
nao sei como explicar, mas eu tenho certeza que a amizade será das mais duradouras... peço a todos que não nos distanciemos nunca... pq, como disse o felipe: "quando a amizade esfriar, nós só lembraremos do tempo que passou... não faremos um novo tempo".

amo todos vcs... de verdade

Cristina disse...

Fechar os olhos e resgatar de algum lugar escondido da memória um momento quase sem importância, mas que tem vida própria: cores, sabores, sensações, música de fundo... faz até bater nosso coração no ritmo em que bateu naquele instante.

Esses momentos somos nós. Eles são o cimento do concreto, o cálcio dos ossos, as raízes na terra. Eles nos constroem, nos fortificam, nos trazem equilíbrio pela simples tarefa de fechar os olhos e revive-los.

Obrigada por me fazer lembrar que posso lembrar.

Nelídia Lima - Brasília disse...

Nossa minha amiga e prima Alê! Como foi bom ler sua lista de coisas gostosas e uma incontestável e que tenho também em minha mente como uma coisa boa e linda, é sua mãe nos recebendo todas as férias de janeiro! Sempre feliz, sempre amável e sempre agradecendo por nossa estada ali! São tantas lembranças, na praia ou em São Fidelis, que meu coração se enche de alegria e saudade!
E te agradeço por me fazer enxergar que fazendo uma lista como esta, páro e vejo o qto de coisas boas e simples que Deus nos dá e que as vezes nao conseguimos agradecer pela correria do dia e por serem simples demais... mas reconheço que é nessas pequenas coisas que aprendemos a ser felizes e valorizando-as é que o Pai nos abençoará com coisas ainda maiores!
Bjim procês!

HELO(GED) disse...

Depois q lí o seu texto AlÊ,fiquei tentando lembrar dos momentos da minha vida,infelizmente senti um vazio,a sensação de não estar segura e comecei a achar q eu não tinha nada de bom pra lembrar.Derrepente me lembrei q Jesus olhou pra mim e me resgatou no momento díficil da minha adolescência,lembrei de quando conhecí Gedmar,do nasc de Lucas e de várias outras coisas simples + importantes pra mim.è bom lembrar,mesmo q algumas delas nos façam chorar.Tem sido muito bom pra mim refletir nesses textos.um bj carinhoso!!!