15.6.06

RECADO DA ALÊ

lições do dia-a-dia para meus lindos adolescentes

“Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Marcos 8:36)

Nunca vou me esquecer do dia em que saí da ótica com meus primeiros óculos. Tinha nove anos de idade e descobri por acaso que estava com miopia e em grau acentuado.

Uma conjuntivite e uma rápida visita ao oftalmologista me levaram a um exame que eliminou de vez a minha desconfiança de ‘estudar na sala mais afetada pelo sol na escola’ (pois, até então eu vinha desesperadamente procurando sentar numa cadeira onde não batesse o reflexo do sol no quadro e me dificultasse ver as letras...)

A ótica ficava a duas quadras da minha casa, logo era um trajeto curto, mas suficiente para me presentear com o encanto de enxergar certas coisas totalmente, pela primeira vez!

De tudo o que pude ver naqueles trechos de calçada, rua e casas, o que mais me encantou foram as árvores: as folhas, que coisa linda!

Antes, só via um manchão verde, agora podia ver detalhes de furinhos nas folhas, textura e tons de verde se embolando!

Cheguei em casa extasiada:

_ Mamãe, as árvores são lindas!!

Vivi feliz até os nove anos de idade, mas, descobrir naquela altura a beleza das árvores foi marcante para mim. Nunca esquecerei.

Só que havia um preço a pagar: crianças recebem apelidos por usar óculos; óculos machucam quando se sente muito calor (e eu sinto muito calor...)! Mas... o resultado do uso dos óculos – ver além do que eu via, superou qualquer implicância infantil...

O ser humano é míope espiritualmente.

E vai vivendo assim: manchões verdes são suas árvores e a vida vai acontecendo, até poder ver além.

Até ele saber que existem detalhes belíssimos para serem observados. E para que isso aconteça é preciso uma lente, é preciso um exame, é preciso uma receita.

E, mais que tudo, é preciso usar os óculos. Nosso inimigo número 1 quer que vivamos “a vida de cristão míope”. Quer que nossa visão se limite a este mundo e suas possibilidades.

Quando colocamos lentes espirituais, vemos nitidamente

além do nosso trabalho,

além do nosso estudo,

além dos nossos bens,

além de nós!

Vemos que o mais importante é saber onde viveremos nossa eternidade...

beijos,

Alê

8 comentários:

Ana Foguinho disse...

Alê vc se superou hein!! Adorei esse texto =)) principalmente quando vc falando pra sua mãe: "as árvores são lindas!" IAHihuauihaihai

te amo!!

tbm adorei a idéia do blog!! =))

Aninha IBF disse...

Nem preciso dizer...
AMO SUAS MENSAGENS!!!
Essa idéia do blog foi show!
estarei sempre aqui, tá
bjão

Dulcien disse...

Vocês sempre nos surpreendem maravilhosamente!
Que ministério lindo que o Senhor lhes deu e vocês desempenham com imenso amor e grande zelo o trabalho do Senhor!
Grande beijo, repleto de muito, muito carinho...

Dulce & Márcio

Bárbara disse...

Nossa Alê que bom que vc fez um blog!
Agora a gente vai poder ter suas liçoes mais ainda!!!!^^
Vai ter que colocar muuuuitas liçoes hein..
Beijinhos...
=*

Adir Jr. disse...

gostei mto do texto...alias, do blog todo...
essa parada d ver alem eh importante msm...tentar entender o q estamos realmente fazendo aki..o q Deus espera de nos...quais sao seus planos para nossa vida...
para isso eh preciso c aproximar cada vez mais Dele neh...
eu sigo tentando...
bjs

Castelo Branco disse...

vc ama mesmo esse exemplo, né?
ikuhaiuhaiha... mas ele cabe perfeitamente msm...

mas eu gostei muito tb do exemplo que mostra o inverso do que aconteceu com vc... o exemplo do eclipse... que aos poucos cobre a lua... é quase inperceptível a velocidade da sombra, mas quando se vê... está tudo preto...

dá muito mais trabalho o processo de enxergar bem do que viver na escuridão...

não pensar é sempre mais fácil...

muito bom o q vc escreveu...

agora visita o meu blog que eu escrevi coisas tb...
beijos

www.agoradorio.blogspot.com

Daniele Bousquet disse...

Oi, Alê!!!
Q saudades de vc!!!
Adorei sua mensagem!! Estava com mtas saudades dos seus ensinamentos.....
Vou visitar o blog direto!! :)
Te adoro!!
bjuss

Cris disse...

Que maravilha! Tudo: o blog, o texto, seu ministério...
Realmente você é daqueles que não enterram seus talentos. Ao contrário, a cada dia nos surpreende com algo novo. Seus dons se multiplicam e o Senhor te recompensará em dobro.
Nos te amamos muito. A família toda.
Mil beijos, Cris